quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Hospedagem


Acho que este é um dos posts mais importantes e acabamos não dando prioridade a ele. [Exatamente por isso! Responsabilidade grande, a gente termina procrastinando...]

Quando decidimos pelas cidades que seriam nossos pontos de apoio, Palmeiras e Andaraí, começamos a procurar e reservar pousadas/hotéis/albergues. E posso dizer que as escolhas não poderiam ter sido melhores.

Mírian foi a responsável pela escolha, e foi muito feliz. Convém dizer que essas foram as primeiras opções que apareceram nos sites de busca, e também as que responderam mais rápido. O Hostel de Palmeiras não recebia cartão de crédito, a Pousada Sincorá aceitou.

Passamos os 2 primeiros dias em um quarto coletivo com 3 beliches (mas só ficamos as 4 lá) no hostel (albergue) Caminhos da Chapada (Palmeiras) e os últimos dias em um quarto triplo na Pousada Sincorá (Andaraí).

O albergue funciona numa casa histórica que tinha sido "a principal sede do comércio de diamantes e do Hotel Barroso. Fundado em 1967, ficou conhecido como a principal hospedaria dos caixeiros viajantes que passavam pela Chapada Diamantina".


Como foi reformado recentemente, e também recentemente integrado à Hostelling International, estava tudo muito bem arrumadinho, como é usual nos albergues. Os quartos limpos e sem cheiro de mofo (que é comum em casas antigas), roupa de cama cheirosa, banheiro gostoso, quente e limpo, decoração rústica e agradável, muitas flores, preocupação ecológica (coleta seletiva de lixo), estacionamento privativo nos fundos, enfim, só qualidades.

Estacionamento

Mesas para o café da manhã
Coleta seletiva de lixo
Decoração antiga
Computador com internet R$ 2,00 a hora. O valor de 5,00 o dia é pra quem tem o próprio notebook.
Entrada dos banheiros






Cozinha do Alberguista, com fogão, geladeira, todos os utensílios...
no melhor estilo "use e limpe após o uso".
E nós aproveitamos, na segunda noite EU (Bel) fiz um macarrão com atum delicioso, Mírian que o diga!!!




Ingredientes



O flagra!!!
Disponibilidade de bebidas à venda





Muitas flores na área, um lugar muito agradável!

Mas acima de todas as vantagens (inclusive o preço!) ficou o atendimento. A proprietária, herdeira dos proprietários originais do Hotel Barroso, mora em Salvador, e vai para lá uma semana por mês, mas deixa funcionários treinados e atenciosos.

Na Sincorá encontramos o Seu Helder, dono da pousada. Sua esposa, Ana, estava viajando, e ele segurou a pousada "na unha", sozinho! Arrumando, cozinhando, atendendo nossas solicitações com a maior boa vontade. Pessoa muito solícita, nos deu dicas de passeios, fez um café da manhã dos deuses com direito a uma panqueca deliciosa e disputadíssima. Se bater a fome no final da noite, pode ligar para o disk pizza, ops, pode pedir para ele fazer uma pizza da "hora". Bom, a Sincorá é muito acolhedora, você se sente literalmente em casa. Na sala tem um piano (com direito a um mini concerto de Bel - post futuro), coleções de filmes, o lugar tem até uma biblioteca com uma coleção gigantesca da National Geografic. Fiquei encantada pelo zelo no lugar.


Filmes


Biblioteca


National Geografic

Café da manhã

Seu Helder fazendo as panquecas...

E a dita cuja, DE-LI-CI-O-SA!!! (disputada a tapa!!!)

Eu no piano - afinadíssimo!

E pra quem está perguntando pela indispensável: internet. Sim! Nos 2 lugares têm wi-fi. Uhuu!!!

Abaixo os valores que pagamos pelas diárias com direito a café da manhã.

Caminhos da Chapada
Quarto coletivo: R$ 30,00
Internet: paga - mas não pagamos. A proprietária não lembrou de cobrar e nós não lembramos de pagar. (Era uma taxa de R$ 5,00 por dia, pra todas)

Pousada Sincorá
Quarto triplo: R$ 166,50 (quer dizer, quádruplo. Esqueceram de mim? Flávia?)
Internet: grátis

6 comentários:

Favuca disse...

Só de lembrar daquela pizza e das panquecas... ai que fo-me!

Bel disse...

Hahahaha,
Flavinha é tão pequena, que ficou esquecida...
Ah, na hora de escolher quem ia dormir em cima do beliche, Flávia foi a sorteada, porque "é pequena, e se cair estraga menos!!!"

No albergue em Palmeiras ela chegou somente para o café da manhã, que, avulso, custou R$ 7,00)

Tâmara disse...

Banheiro "gostoso"??
Só vocês mesmo!!! :P

Mirian disse...

Eu não provei o banheiro assim não, viu! Só pra constar!!!

Miliane disse...

Gente, eu lembrei dela mas na hora de escrever, acabei me passando. Sorry, sorry. =D

Bel disse...

Aff, Tâmara... gostoso é o que dá prazer, não necessariamente ao paladar! E um bom banho, com água em abundância, quente ou frio, como se fizer necessário... é GOSTOSO, sim!!!